Dextrose, Maltodextrina e Waxy Maize

Por Dr. Luciano de Castro

PERGUNTA: DEXTROSE OU MALTODEXTRINA?

RESPOSTA: WAXY MAIZE

Quando se fala em suplementação de carboidratos, a segunda coisa que vem a cabeça das pessoas é se existe diferença entre dextrose e maltodextrina. Isso porque a primeira pergunta é sempre a mesma: “mas eu não vou engordar?”.

DIFERENÇA ENTRE DEXTROSE E MALTODEXTRINA

 Esclarecido então a importância fundamental do consumo adequado de carboidratos, e tomados os cuidados para que ele não te leve a engordar, vamos agora responder a segunda pergunta: Existe diferença entre DEXTROSE e MALTODEXTRINA ? A resposta é não.

Tanto dextrose quanto maltodextrina são carboidratos, mas a dextrose é um monossacarídeo (glicose) enquanto a maltodextrina é um polissacarídeo (que se quebra em glicose para depois ser absorvida).

Na teoria a maior vantagem da dextrose sobre a maltodextrina seria a absorção mais rápida. Na prática os resultados não mostram diferença entre as duas.

Os dois suplementos são absorvidos rapidamente pelo organismo e elevam a glicemia (e consequentemente promovem aumento da insulina) e reduzem o catabolismo proteico.

Os estudos que compararam os dois suplementos na recuperação muscular não observaram diferenças significativas entre eles, mesmo com a pequena diferença no tempo de absorção.

Ou seja, a escolha entre maltodextrina e dextrose é individual e cada um pode decidir qual comprar pelo paladar (uma vez que a dextrose é muito mais doce e nem todo mundo tolera bem).

Mas a novidade do momento em termos de suplementação de carboidratos é o waxy maize !! Já não é tão novo assim, mas a maioria das pessoas ainda não o conhece – o produto que está deixando maltodextrina e dextrose para trás.

O WAXY MAIZE

 O waxy maize é extraído do amido de milho ceroso. O amido constitui-se na principal forma de armazenamento de carboidratos nos vegetais. O amido desta espécie possui características que o diferem dos outros, sendo constituído por 70% de amilopectina e 30% de amilose.

Essa diferenciação possibilita sua quebra em diversos pontos ao mesmo tempo, facilitando a digestão e o fornecimento de energia muito mais rápido quando comparado a dextrose e a maltodextrina, sem provocar um pico de insulina tão alto. Ou seja, fornece energia de forma mais constante.

Mas quais as características que fazem do waxy maize tão superior?

  1. Excelente digestão e absorção;
  2. Capacidade extremamente alta de atrair outros nutrientes de difícil assimilação e com isso potencializar a absorção de produtos como creatina, beta-alanina, arginina e outros;
  3. É zero de açúcar, livre de glúten, não cria inchaço e não retém água.

WAXY-MAIZE

VANTAGENS DO WAXY MAIZE

 Em resumo podemos dizer que a vantagem deste novo suplemento é o fato de que suas características moleculares permitem que ele retenha menos líquido e seja rapidamente absorvido pelo intestino, leve consigo para o sangue outros nutrientes ingeridos junto e termine sendo utilizado mais rapidamente no abastecimento dos músculos que foram lesionados durante o treinamento intenso da musculação.

Tanto a dextrose quanto a maltodextrina NÃO possuem essas características.

Em parte devido a essa rápida taxa de absorção, quando tomado durante o treino, ajuda na reposição do glicogênio e proteínas musculares, tornado-se uma excelente escolha para ser consumido durante todo o treinamento, assim como no pós-treino imediato.

Portanto esse é um produto novo, que para algumas pessoas justifica o investimento de gastar alguns (vários) reais a mais. Não estou fazendo propaganda de um produto comercial, pois esse suplemento não é patenteado e vários laboratórios – inclusive alguns nacionais, já o produzem.

Importante esclarecer também que uso de suplementos deve ser pensado dentro de uma estratégia mais ampla de dieta, de forma personalizada, e que nem todas as pessoas tem a necessidade de usá-los.

Existe CIÊNCIA na escolha e administração de suplementos alimentares. Portanto não tome qualquer coisa só porque está na moda ou porque fez bem pra esse ou aquele amigo.

Primeiro é determinar quais as qualidade físicas exigidas pela atividade que você pratica – resistência, força, velocidade… Dentre essas qualidades, se determina quais são as que constituem um fator limitante do seu desempenho (pode ser falta de força, falta de resistência, falta de potência, etc).

Depois disso definido, fica mais fácil você escolher qual ou quais os suplementos alimentares que lhe são necessários e lhe ajudarão a progredir mais.
O objetivo é oferecer ao corpo as possibilidades de ultrapassar os obstáculos que retardam o seu progresso.

 

CRÉDITOS

Esse artigo foi escrito pelo Dr. Luciano de Castro e foi aqui reproduzido com a devida permissão do mesmo. Convido você a conhecer a sua página no facebook, CLICANDO AQUI.


CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

Dê sua opnião