GVT – GERMAN VOLUME TRAINING

Prof. Eder Lima

Você aguenta dor? OLHA, ESTOU FALANDO MUUUUUUITA DOR!

Está disposto a dar um VERDADEIRO CHOQUE em sua musculatura?

Então você precisa conhecer o GVT – GERMAN VOLUME TRAINING (ou em bom português Treinamento em Volume Alemão).

FUNDAMENTOS DO GVT

Não se espantem com a simplicidade “da coisa”, pois não existem técnicas especiais, nem tão pouco fórmulas mirabolantes!

O treinamento funciona por mirar, apontar e destruir um determinado músculo ou grupo muscular alvo expondo-o a um tremendo volume de esforços repetitivos.

Ouviram? Ou melhor, leram? ESFORÇOS REPETITIVOS, assim sendo, crianças saiam do FACE agora e deixem isso para os adultos muito bem condicionados ou tudo que conseguirão é uma belíssima lesão!

Todo o treinamento se fundamenta em 3 pilares básicos da musculação: EXERCÍCIO, REPETIÇÕES E DESCANSO!

#1 O EXERCÍCIO

Por incrível que pareça tudo que você irá fazer é APENAS UM EXERCÍCIO POR GRUPO MUSCULAR.

Por isso mesmo deve-se ter atenção na seleção de exercícios básicos (compostos) que utilizem sempre a maior quantidade de músculos agindo ao mesmo tempo, já que fará um número limitado de exercícios.

#2 AS REPETIÇÕES

Serão 10 SÉRIES DE 10 REPETIÇÕES para cada exercício! Comece com algo entre 50 a 60% da carga máxima.

Pelo amor de Deus, não é necessário você se expor ao risco de fazer o teste de carga máxima, basta que você pegue o número de repetições e a carga do exercício que você já fazia até a falência e aplique na Fórmula de Brzyck 1RM = CARGA / 1,0278 – (0,0278 x REPS); apesar de ter sido postulada para cálculos da carga máxima para o agachamento vai lhe proporcionar um bom referencial de carga inicial.

Deve-se tentar fazer o máximo de repetições próximo das 10 preconizadas, mas sem levar até a falência nas primeiras séries ou não conseguirá completar as 10 séries.

A princípio você vai pensar que erro a carga por sentir muito leve as primeiras séries, mas quando chegar próximo da sexta, sétima série vai começar a entender a dor que falei!

Lendo aqui parece fácil, mas ao começar a fazer vai perceber um rápido declínio da resistência de força e não se assuste se nos primeiros treinos para cada grupo você não conseguir completar as 10 repetições.

Uma vez que consiga fazer as 10 séries de 10 repetições, aumente a carga no próximo treino e provavelmente não mais que 2kg de cada lado da barra numa rosca bíceps ou 3kg de cada lado num agachamento ou algo entre 4 a 5% de carga.

Um detalhe durante as repetições que merece destaque é o ritmo de execução. Este para os exercícios básicos (compostos) mantenha em 4:2 (isto é 4 segundos para negativa e 2 segundos para a positiva e sem parada em momento algum) e para os exercícios isolados use 3:2. É UM DEUS NOS ACUDA MESMO!

#3 DESCANSO ENTRE SÉRIES

O padrão original do GVT é de 60 segundo entre séries e não mais que 90 segundos em alguns exercícios como agachamento (olha a resistência aeróbica bem treinada sendo necessária aqui agora!)

SELEÇÃO DOS EXERCÍCIOS

O ciclo de treinamento do GVT é de 4 a 6 semanas e após é interessante 1 semana recuperativa treinando de maneira convencional (2 ou mais exercícios por grupo muscular), mas sem levar a musculatura à falência.

Permitam que o organismo se recupere plenamente antes de passar para um próximo programa intenso.

ATENÇÃO, NÃO INVENTEM! Nada de exercícios complicados excetos os bons e velhos exercícios básicos. Por exemplo:

COXAS

Agachamento, agachamento frontal, leg press

VEJA OS EXERCÍCIOS PARA PERNAS CLICANDO AQUI.

COSTAS

Barra fixa aberta pela frente, remada curvado, remada cavalinho
VEJA EXERCÍCIOS PARA COSTAS CLICANDO AQUI.

PEITO

Supino, supino declinado com halteres, mergulho nas paralelas com peso
VEJA EXERCÍCIOS PARA PEITO CLICANDO AQUI.

OMBROS

Variações de desenvolvimento

VEJA EXERCÍCIOS PARA OS OMBROS CLICANDO AQUI.

TRÍCEPS

Tríceps testa, tríceps francesa, supino fechado

VEJA EXERCÍCIOS PAR A TRÍCEPS CLICANDO AQUI.

BÍCEPS

Bíceps direta com barra, bíceps scott, bíceps direta no cabo

VEJA EXERCÍCIOS PARA BÍCEPS CLICANDO AQUI.

PANTURRILHAS

Leg press, panturrilha na máquina de pé (aqui pode ser interessante não descansar mais que 30-45 segundos entre séries)
VEJA EXERCÍCIOS PARA PANTURRILHA CLICANDO AQUI

ABDÔMEN

Treine normal, nada de GVT aqui!

VEJA EXERCÍCIOS PAR AO ABDOMEN CLICANDO AQUI

DIVISÃO SEMANAL DOS GRUPOS MUSCULARES

O(a)s ansioso(a)s precisarão de um calmante agora para aguentar pensar em treinar APENAS 3 VEZES NA SEMANA!

RESISTAM A TENTAÇÃO, pois seu corpo vai precisar de descanso! Vamos lá:

  • Dia #1 – Peito, Ombros e Tríceps
  • Dia #2 – DESCANSO
  • Dia #3 – Costas, Bíceps e Abdômen
  • Dia #4 – DESCANSO
  • Dia #5 – Coxas e Panturrilhas
  • Dia #6 – DESCANSO
  • Dia #7 – DESCANSO

ATENÇÃO: NÃO SE ESQUEÇAM DE MANTER UMA ÓTIMA ALIMENTAÇÃO E REPOUSO DURANTE TODO O CICLO DO GVT!

CRÉDITOS

Esse artigo foi escrito pelo professor Éder Lima e foi aqui reproduzido com a permissão do mesmo. Convido você a conhecer a sua página no facebook, CLICANDO AQUI.


CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

Dê sua opnião