Varizes e Microvarizes

Por Prof. EDER LIMA

Primeiramente creio ser necessário esclarecer a diferença entre microvarizes e varizes!

AS MICROVARIZES (VASINHOS)

Estas são os vasinhos capilares (da espessura de um fio de cabelo) da pele que se dilatam, de cor avermelhada ou arroxeada, que podem aparecer em diferentes locais do corpo, como rosto, colo, seios, abdômen, costas, pernas e pés. Não causam maiores danos à saúde, a não ser o estético! Estas PODEM ser um indicativo à uma predisposição ao aparecimento de varizes!

MICROVARIZES

AS VARIZES

Já as varizes são veias superficiais (vasos sanguíneos responsáveis por fazer o retorno do sangue para o coração) de maior calibre dilatadas e tortuosas, de cor roxo-azulada ou esverdeada, que surgem ao longo das pernas e dos pés e podem causar dor e inchaço.

Como agentes predisponentes podemos ter:

– A própria genética
– O sedentarismo (ainda mais se associado ao sobrepeso e tempo prolongado assentado ou de pé)
– O uso de anticoncepcionais.

Por estarem agindo contra a gravidade; no interior desses vasos encontramos espaçadamente entre si pequenas válvulas que se abrem na passagem do sangue e logo após se fecham evitando que o sangue retorne. Mas com a dilatação das paredes desses vasos, tais válvulas perdem sua função e o sangue tende a estagnar naquela região e em caso agudos provocando uma perigosíssima trombose!

varizes

 

A AÇÃO DA MUSCULAÇÃO

O treinamento da musculação estimula e muito toda circulação periférica e não é raro observar o aparecimento de microvarizes nas pessoas com certa fragilidade capilar, especialmente na região das coxas mais próximo dos joelhos.

Nesse caso, não há alternativa senão a esclerose dessas através da aplicação (injeção local) de líquidos secantes ou podendo ser usado também um laser que promove uma irritação térmica (cauterizando as microvarizes).

A musculação é contraindicada para as pessoas com quadros graves de varizes já diagnosticadas até que o problema tenha sido resolvido. Dependendo do tamanho do vaso afetado, pode-se usar a cauterização com catéter de radiofrequência, laser ou a cirurgia de retirada da veia.

As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais.

Todavia, o estímulo anabólico (de construção e reparação de tecidos) da musculação também estimula o fortalecimento das paredes dos vasos, tanto dos capilares quanto os de maior calibre.

Assim sendo, a musculação tem um caráter profilático de extrema importância não apenas no fortalecimento dos vasos, mas especialmente, porque quando se mantém a musculatura de membros inferiores (especialmente as panturrilhas) forte e tonificada, essa executa um papel importante no retorno venoso que chamamos de “ação de coração periférico”, servindo como uma bomba que comprime os vasos ajudando a empurrar o sangue para cima ao menor movimento que fazemos como andar, levantar de uma cadeira, subir uma escada e etc.

FIQUEM DE OLHO! BONS TREINOS E ATÉ A PRÓXIMA!

 

CRÉDITOS

Esse artigo foi escrito pelo professor Éder Lima e foi aqui reproduzido com a permissão do mesmo. Convido você a conhecer a sua página no facebook, CLICANDO AQUI.


CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

Dê sua opnião